Copa do Mundo irá estimular locação de imóveis na região

  • 5 de fevereiro de 2014
  • 0
  • 28 Views
Compartilhe:

A Copa do Mundo pode estimular um mercado de negócios pouco usual em Campinas e região: a locação temporária de imóveis. Partindo da expectativa que o maior jogador de futebol do mundo em 2013, Cristiano Ronaldo e as seleções de Portugal e da Nigéria durante a sua estadia em Campinas atraiam um grande público, o presidente da Rede Imobiliária Campinas, Antônio De Lucca Junior, avalia que o mercado de locação temporária pode suprir as necessidades de estadia. “Pela nossa avaliação, nesse período, a cidade deve receber um grande número de torcedores dos dois países, imprensa internacional e patrocinadores, entre outros, ao ponto da locação temporária se tornar uma boa alternativa de hospedagem”, explica. De Lucca acrescenta que a localização estratégica do aeroporto de Viracopos vai estimular a vinda desse público.

 

De Lucca ressalta que as cidades de Campinas e região não têm o hábito da locação temporária, mas a Copa do Mundo pode funcionar como um disparador dessa modalidade de negócio do segmento imobiliário, a exemplo do que ocorre com imóveis localizados em determinadas regiões do litoral brasileiro nas temporadas de férias e feriados prolongados. “Tudo vai depender da disposição dos proprietários em colocarem seus imóveis para esse tipo de locação”, explica.

 

Para De Lucca, a estrutura profissional do setor, como é o caso das associadas à rede – está preparada para atender esse tipo de locação. A legislação contempla essa modalidade de locação, que sendo por um período mais curto – entre 30 e 90 dias, requer cuidados especiais, especialmente na elaboração do contrato entre as partes.

 
 
1392576-m
 
 

Como estímulo à locação temporária, De Lucca cita um exemplo, para justificar as boas oportunidades de negócios que podem ser geradas. “Um imóvel na praia, durante um período de 12 meses, dependendo do local, pode ter um valor de locação em torno de R$ 12 mil. Esse mesmo imóvel, em um único período de temporada, entre 5 a 10 dias, em função da procura, pode obter um valor de locação, dependendo do local, em torno dos mesmos R$ 12 mil. A locação temporária pode ser extremamente rentável, em função da localização do imóvel e da procura naquele momento”

 

A rede pretende mostrar aos seus associados que a Copa do Mundo pode estimular essa modalidade de locação, pouco usual na região, mas que pode ser bastante atraente do ponto de vista de rentabilidade. Existem alguns riscos em uma locação mais curta, como a questão do fiador, mas que podem ser minimizados com um contrato bem elaborado. Outro aspecto que De Lucca frisa, é que existe a possibilidade desses imóveis serem locados completamente mobiliados, incluindo aparelhos de cozinha, como fogão e geladeira. “Estamos preparados também para oferecer isso”, afirma.

 
 
1420850-m
 
 

Na análise projetada por De Lucca para o futuro, após a locação temporária, as vendas de imóveis para moradia ou de áreas destinadas ao comércio ou à indústria na região de Campinas, também podem atrair o interesse desse público visitante. “Nos períodos em que não hajam jogos, esses visitantes irão conhecer os pontos turísticos da nossa região e visitarão outros lugares, podendo assim vislumbrar oportunidades para seus negócios a curto e médio prazo. Esse é outro aspecto que poderá estimular o segmento imobiliário regional”, finaliza o presidente da Rede Campinas.

 
 

Fotos: Divulgação