Homenagens nos palcos: a celebração do talento

  • 13 de dezembro de 2016
  • 0
  • 40 Views
cazuza teatro o tempo nao para
Compartilhe:

O palco do teatro é um local ideal para a encenação de textos diversos. Comédias, dramas, romances…Estórias reais e fictícias, antigas ou modernas. O palco é também um lugar de homenagens. Relembrar a trajetória de um artista especial que marcou época e conquistou multidões. É a oportunidade de levar à plateia uma forma de recordar e, mais uma vez aplaudir, grandes nomes que fizeram e fazem história.

Os musicais em homenagem a artistas geralmente envolvem um trabalho de pesquisa, de concepção musical,  preparação de atores, cenografia e figurino. Tudo para levar ao público um resultado fiel e emocionante.

Cazuza foi homenageado no palco no musical “Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz”. O espetáculo reuniu os maiores clássicos do cantor e compositor, morto em 1990, desde a sua época como integrante do grupo Barão Vermelho, até sua carreira solo, interpretando “Brasil”, “O Tempo Não Para”, “Exagerado”, “Faz parte do meu show”, etc.

cazuza

O espetáculo “Todos os musicais de Chico Buarque em 90 Minutos” fez uma homenagem ao artista da MPB nos palcos, reunindo músicas compostas pelo cantor para peças teatrais, como “Dona Flor e Seus Dois Maridos” e “Ópera do Malandro”. Uma homenagem que veio de encontro aos 70 anos deste artista tão querido pelo público brasileiro.

chico

O musical “Tim Maia – Vale Tudo” já teve Thiago Abravanel no elenco e retomou a história deste ídolo irreverente e que também deixou saudades, ao interpretar canções como “Primavera”, “Não quero dinheiro, só quero amar” e “Vale Tudo”.

tim

O musical “Deixa Clarear” é mais um exemplo de homenagem nos palcos. A montagem reviveu o legado de Clara Nunes, com canções famosas como “Morena de Angola”, “O Mar Serenou”, “Na Linha do mar”, etc.

clara

Já o espetáculo “Ivan Lins em cena” inspirou-se na história e trabalho do cantor e compositor para esta montagem, baseada na parceria de Ivan Lins e Vitor Martins. O público relembra canções consagradas, como “Começar de Novo”, “Lembra de Mim”, “Novo Tempo”, “Vieste”, entre outras.

ivan

Belas homenagens a grandes artistas. E homenagens que revelam também novos artistas e talentos. O reconhecimento do trabalho daqueles que encantaram e ainda encantam, fizeram sonhar e se emocionar. Que o aplauso recaia sobre todos eles!

Fotos: Leo Aversa, Claudio Erlichman e divulgação