“No palco e na TV”

  • 13 de dezembro de 2016
  • 0
  • 23 Views
Compartilhe:

Letícia Zuppi

Existem alguns seriados humorísticos de TV que repercutem de uma maneira especial devido a um fator muito importante: a plateia. Pela própria dinâmica do texto e a característica dos personagens, um programa de comédia gravado ao vivo, com os espectadores assistindo e interagindo, torna-se muito mais interessante.

A famosa Família Trapo, programa humorístico da década de 60, criado por Jô Soares, agradou em cheio os telespectadores com as aventuras de Bronco, interpretado por Ronald Golias, ao lado de Renata Fronzi, Ottelo Zeloni, Jô Soares, Ricardo Corte Real e Cidinha Campos. Exibido pela Record de 67 a 71, o seriado era ainda em preto e branco.

ft

De 87 a 90 pela Bandeirantes ia ao ar o seriado Bronco – ainda protagonizado por Golias – e uma reaposta de sucesso da Família Trapo. Bronco contava ainda com nomes como Nair Bello, Renata Fronzi e Anselmo Vasconcelos, entre outros. O seriado teve participações de Sandra Annenberg e Agnaldo Rayol.
bb

Os anos se passaram e o estilo de seriado humorístico gravado ao vivo voltou a fazer sucesso. Um exemplo clássico foi o programa Sai de Baixo, exibido de 96 a 2002. Gravado ao vivo no Teatro Procópio Ferreira, em SP, ia ao ar aos domingos na Globo.

Com Miguel Falabella, Marisa Orth, Luis Gustavo, Tom Cavalcante, Claudia Gimenez, Aracy Balabanian, Claudia Rodrigues e Marcia Cabrita, tinha o foco nos atores e também na reação da plateia. Para matar as saudades dos telespectadores, o seriado teve 4 episódios inéditos gravados com o elenco original, exibidos pelo Canal Viva, em 2013.

sb

O programa Toma Lá Da Cá, exibido de 2007 a 2009, reuniu Miguel Falabella e Marisa Orth – par protagonista de Sai de Baixo – em um novo trabalho, ao lado de nomes como Diogo Vilella e Adriana Esteves e também seguia a linha de um programa de comédia com participação de plateia ao vivo.

tl

Um exemplo mais recente é o programa Vai que Cola, exibido pelo Multishow, desde 2013. Com cenário completo e giratório, que permite que a história aconteça em diversos ambientes, a atração também inovou ao trazer uma gama maior de personagens ao seriado, alguns interpretados por humoristas, como Paulo Gustavo, Samantha Schmutz, Fernando Caruso, Marcelo Medici e Cacau Protásio.

vc

Mais humor, por favor! No palco e na TV!

Fotos: Divulgação