Em Destaque na Cidade – Cinema

  • 27 de junho de 2009
  • 0
  • 39 Views
Compartilhe:


“A Mulher Invisível”

Em cartaz nos cinemas e em breves nas locadoras, “A Mulher Invisível”, com direção de Claudio Torres, traz Selton Mello no papel principal. O ator, que já soma quase 30 trabalhos apenas no cinema (entre longas e curta-metragens), atua brilhantemente na pele de Pedro.

Luana Piovani vive Amanda, a mulher invisível, que só existe na mente do personagem. Cada vez mais requisitada para trabalhos na telona, a atriz iniciou sua carreira na TV na minissérie “Sex Appeal” e, no cinema, participou de filmes nacionais de destaque como “Zuzu Angel” e “O Casamento de Romeu e Julieta”.

O ator Vladimir Brichta interpreta o amigo e colega de Pedro, Carlos, que ao final do filme revela-se um grande rival do personagem de Selton. Brichta participou de produções cinematográficas nacionais como “Romance” e “Fica Comigo Esta Noite”.

A grande mensagem de “A Mulher Invisível” é a busca pelo amor ou pelo par ideal, algo que existe dentro de todos nós e os diversos encontros e desencontros advindos desta busca. Mas será que essa cara metade exatamente como sonhamos existe? Com muito bom humor e cenas hilárias, o filme tenta responder a esta grande pergunta.

A produção conta ainda com Fernanda Torres, Maria Luisa Mendonça, Paulo Betti, Lúcio Mauro, Danni Carlos, entre outros. Destaque para a atriz Maria Manoella, que dá vida à personagem Vitória, em seu quarto trabalho no cinema.

Vale lembrar ainda a participação relâmpago de Esperança Pêra Motta, (filha da atriz Marília Pêra e do produtor musical Nelson Motta) como a Chapeuzinho Vermelho.

Texto: Letícia Zuppi

Foto: Divulgação