Comida brasileira foi a preferida dos trabalhadores em 2020

  • 12 de abril de 2021
  • 0
  • 47 Views
Compartilhe:

Um estudo realizado pela Ticket, marca de benefícios de refeição e alimentação da Edenred Brasil, revelou o perfil de alimentação dos trabalhadores durante a pandemia. O levantamento, que registra as preferências dos 7 milhões de usuários de benefícios da Ticket, aponta a comida brasileira como a favorita dos trabalhadores desde o início do período. Representada pelos restaurantes de comida popular, que oferecem pratos compostos por arroz, feijão, carne e salada – via buffet a quilo ou o famoso prato feito -, a iguaria esteve em primeiro lugar no ranking de preferência em cinco dos nove meses monitorados (abril a dezembro de 2020).

Entre os pratos favoritos do trabalhador brasileiro, estão ainda as comidas de lanchonetes e padarias – que incluem a venda de pratos feitos, buffet de comida por quilo e outros tipos de alimentos -, fast-foods, pizzas, carnes em geral, doces e culinária japonesa.

Ao longo do período, o principal movimento percebido foi o aumento do consumo em lanchonetes, que ocupavam a terceira posição em abril e fecharam o ano em segundo lugar, superando as opções de padarias (3ª colocada em dezembro). Também chama a atenção que preparações à base de carnes tenham passado da quarta posição, em abril, para a sexta, em setembro, movimento que se consolidou até o encerramento do ano passado.

O infográfico abaixo mostra a movimentação das Top 8 culinárias preferidas dos trabalhadores no Brasil.

 

Divulgação

 

As movimentações refletem, principalmente, uma adaptação ao momento de isolamento social, com a adoção do home office e a necessidade de buscar alternativas de restaurantes localizados nos bairros residenciais. “Chama a atenção que três dos oito tipos de culinária mais consumidos ao longo do ano foram opções de lanchonetes, fast-foods e pizzarias, o que indica uma maior necessidade de praticidade na rotina de alimentação do trabalhador. Nesse sentido, é muito importante alertar para os riscos que esse comportamento pode representar à saúde e orientar os profissionais sobre como manter uma rotina de alimentação equilibrada e saudável, mesmo durante o home office. A boa nutrição é um fator fundamental para a melhora de indicadores pessoais e coletivos de saúde e longevidade”, avalia Felipe Gomes, Diretor-Geral da Ticket, marca que incentiva práticas de alimentação saudável para seus clientes e divulga receitas e dicas na plataforma online Ticket Fit.

A Ticket foi pioneira em incentivar as empresas a se cadastrarem no PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador), que endossa os parâmetros nutricionais de proporções diárias de macronutrientes em 55 a 75% de carboidratos; 10% a 15% de proteínas e 15% a 30% de gordura total.