Always e Safernet lançam campanha

  • 11 de março de 2015
  • 0
  • 30 Views
Compartilhe:

Preocupada com os crescentes casos de vazamentos de informações nas redes sociais no Brasil e no mundo, Always – a marca de absorventes e cuidados femininos da P&G – lança a campanha #JuntasContraVazamentos, em parceria com a SaferNet, empresa que, desde 2005, se consolidou como entidade referência nacional no enfrentamento aos crimes e violações aos Direitos Humanos na internet.

“Queremos engajar a sociedade contra o vazamento de informações na internet através de uma campanha de conscientização que visa alertar sobre os riscos da exposição indesejada nas redes sociais que pode comprometer a confiança e a auto-estima das nossas consumidoras. Acreditamos no uso consciente das mídias sociais como forma de expressão e conexão com a sociedade. Para nos ajudar a trazer visibilidade para este tema, buscamos o apoio e a expertise da SaferNet que atua na orientação sobre boas escolhas online e para a adoção de comportamentos seguros na web”, explica Leonardo Romero, porta-voz da marca Always no Brasil.

 
 

al1
 
 

A campanha, que foi idealizada pela agência Leo Burnett Tailor Made, teve início com um vídeo-teaser, supostamente vazando um momento íntimo da embaixadora de Always, Sabrina Sato. A revelação de que a ação faz parte da campanha #JuntasContraVazamentos aconteceu recentemente, com a divulgação da versão completa do filme, que traz um depoimento da apresentadora sobre o tema.

“Fiquei muito honrada com o convite para ser porta voz dessa causa tão importante, especialmente para nós mulheres. Esse é um problema que se torna cada dia mais frequente e os números mostram isso: só no Brasil, no ano passado, a Safernet contabilizou 224 casos onde 81% apontavam as mulheres como principais vitimas. Ao longo do projeto conheci meninas e mulheres que passaram por essa situação e esse tema me tocou profundamente. Espero que a campanha toque também outras pessoas e as encoraje a abraçar conosco essa causa”, relata a embaixadora da marca Always, Sabrina Sato. O vídeo incentiva ainda a população à aderir a causa, tirando uma “selfie” com a hashtag #JuntasContraVazamentos.

 
 

Parceria Always e SaferNet

 
 

O canal de ajuda e orientação da SaferNet, o Helpline, que em oito anos de funcionamento já orientou 9.577 pessoas em 24 Estados, é considerado o canal mais representativo do Brasil, com mais de 250 mil acessos desde o inícios de suas atividades. A entidade tem como prioridade a educação como instrumento para conscientizar e orientar sobre as boas escolhas online e para a adoção de comportamentos seguros na web, e trazendo ainda mais visibilidade para este assunto de forma consciente e responsável. O canal conta com o trabalho de orientação especializada conduzida por psicólogos que esclarecem dúvidas e encaminham denúncias, quando necessário.

“Os números levantados por nós comprovam o crescimento de casos de vazamento, inclusive no Brasil. É um tema muito atual e que precisa ser encarado com seriedade e responsabilidade. Temos relatos de vítmas que vão do isolamento ao suicídio tamanho contrangimento gerado com a exposição. O apoio de Always com o lançamento da campanha promete trazer ainda mais visibilidade e relevância para essa causa que cresce a cada dia”, analisa Thiago Tavares Nunes de Oliveira, presidente da SaferNet Brasil.

O caso de sexting – o ato de compartilhar imagens íntimas na internet – continua sendo o tema de maior denúncia no canal. Em 2014, foi contabilizado 224 casos de sexting recebidos pelo serviço. Houve um aumento de 119,8% comparado com 2013, que foram 101 casos. 81% dos casos atendidos eram de vítimas mulheres, 16% foram homens e 3% não identificados. Mais da metade tinham até 25 anos de idade, 53% (25% são menores de idade, entre 12 e 17 anos, e 28% tem entre 18 e 25 anos), 39% tinham acima de 25 anos e 8% não foram identificados.

A parceria de Always com a SaferNet prevê ainda ao longo do semestre outras ações de conscientização e educação à população brasileira sobre o tema. “O nosso objetivo, assim como também o da SaferNet, é orientar e diminuir esses tipos de crimes na web por meio de educação e informação sobre o bom uso das ferramentas virtuais e para adoção de comportamentos seguros para boas escolhas online. A ideia é desenvolver a auto-confiança e a conscientização dessas mulheres, fazendo com que elas não percam noites de sono preocupadas com qualquer vazamento relacionado à intimidade feminina”, finaliza Romero.

 
 

Imagem: Divulgação