Valinhos sediará edição do Festival Gastronômico Sabores da Terra

  • 21 de setembro de 2016
  • 0
  • 28 Views
Compartilhe:

O Festival Gastronômico Itinerante “Sabores da Terra” é um evento que percorre as cidades do interior para contar a história de cada região, seus ingredientes típicos e sua cultura, valorizando a gastronomia local e promovendo o turismo, o comércio e os produtores rurais.

Valinhos será palco da segunda edição do Festival, que acontece de 8 a 23 de outubro. O objetivo dos organizadores é repetir o sucesso da primeira edição, que ocorreu em junho desse ano, tornando o evento anual no calendário das cidades por onde passar.

A abertura do Sabores da Terra será com uma grande festa, nos dias 8 e 9 (sábado e domingo), no Parque Municipal “Monsenhor Bruno Nardini”, conhecido como parque da Festa do Figo. A entrada é gratuita, mas sugere-se a doação de 1 quilo de alimento não perecível, que será doado para entidades assistenciais da cidade.

 
 
st1
 
 

Nesses dois dias estão programadas diversas atrações para o público visitante. Já estão confirmadas 15 barracas entre chefs e operações de gastronomia, 4 cervejarias artesanais e uma feira com 10 produtores. Além disso haverá exposição de produtos com empresas do setor de gastronomia, apresentações culturais, música ao vivo e um parque com brinquedos para as crianças.

Chefs e produtores de renome darão aulas e workshops gratuitos nos dois dias de evento, incluindo uma oficina culinária para os baixinhos. Após a abertura, as aulas continuam no Hotel Blue Tree de Valinhos (um dos patrocinadores do festival) e também no espaço do Restaurante Laura e Francesco Cucina Italiana.

 
 

Formato

 
 

Com um formato inédito no país, o evento possui ações que atraem um público diversificado, que vai desde o cliente que aprecia uma boa comidam até o profissional que quer se atualizar. “A ideia é fazer a cidade mergulhar no universo gastronômico durante 14 dias (em Valinhos serão 16 dias), oferecendo uma extensa programação gratuita e aberta ao público. Vamos além da parte tradicional da maioria dos festivais que conta com a participação dos restaurantes com menus fechados a preços fixos e acessíveis, porque também oferecemos uma rica agenda de aulas, palestras e workshops que valorizam o lado educacional da gastronomia com profissionais de renome. Nosso diferencial é que promovemos um intercâmbio entre o produtor rural e o chef de cozinha, aproximando os dois lados para valorizar os insumos locais com máxima qualidade. Esses produtores estão presentes na feira, nos pratos servidos durante o evento e também na agenda educacional”, explica Renata Tannuri Meneghetti, idealizadora e sócia da Elo Produções, empresa que realiza o Festival.

A primeira edição do Festival foi em junho, na cidade de Indaiatuba e contou com a participação de 12 estabelecimentos de gastronomia e 9 produtores. Durante o evento, 400 pessoas passaram pelas aulas e workshops, num total de 7 eventos com chefs e produtores renomados. A feira de produtores reuniu em torno de 1800 visitantes e o lançamento do festival no Chefs no Campus promovido pela Faculdade Max Planck, patrocinadora do evento, contou com um público de 6 mil pessoas. “A primeira edição surpreendeu pela adesão do público e pela riqueza dos menus oferecidos nos restaurantes que registraram um aumento médio de 35% no movimento no período do festival”, pontua Arian Carneiro de Mendonça (Guia do Lugarzinho), curador da área de gastronomia e co-realizador do evento.

 
 

Cultura gastronômica e sustentabilidade

 
 

O pilar mestre do Festival Sabores da Terra é aproximar os chefs e cozinheiros do pequeno produtor, aquele cuja agricultura respeita a biodiversidade local, para que esses alimentos mais saudáveis possam entrar nas cozinhas e chegar ao prato do consumidor final com mais qualidade. “No Brasil ainda são poucos os que buscam essa alternativa, mas ações como essas que estamos propondo já trazem bons resultados. Na primeira edição, várias casas passaram a comprar dos produtores e também a população pode se aproximar da riqueza desses produtos e comprar diretamente”, explica Tannuri.

A temática dessa edição é “Um Toque de Figo”, uma vez que Valinhos é a terra do figo e possui inúmeros produtores da fruta, que pode ser utilizada tanto em pratos salgados como sobremesas.

 
 
st2
 
 

A partir do dia 10 de outubro, para difundir a boa mesa, cada restaurante convidado participará com um menu fechado (entrada, prato principal e sobremesa), contendo um toque de figo, ingrediente que deve surpreender pelo sabor e criatividade. Os valores dos mesmos são fixos e acessíveis (R$ 40,00 no almoço e R$ 50,00 no jantar). Foram convidadas as melhores casas da cidade e nove já confirmaram a participação: Aô Sushi, Albuquerque Gastronomia (restaurante do Hotel Blue Tree Valinhos), Giò Cucina, Laura e Francesco Cucina Italiana, Pizza Fratello, Sisters Burguer, Só Aki Sorveteria, Via Marguta e Zuphen Gastrobar.

O fotógrafo Guillermo White, do Food Studio Brasil, especialista em imagens de gastronomia, fará todo o registro do festival, incluindo os pratos dos restaurantes participantes.

Para garantir o sucesso do evento, o Festival acaba de ganhar corpo com a entrada de quatro gigantes do mercado, que confirmaram sua participação como patrocinadoras. São elas: a água mineral Lindoya Verão com 65 anos de história reconhecida internacionalmente por sua qualidade e pureza oriunda das fontes da Serra da Mantiqueira, no interior de São Paulo; a Castelo Alimentos com 111 anos no mercado e que chancelou a primeira edição em Indaiatuba, a Vodka KADOV produzida pela CRS Brands que completou 90 anos como uma das maiores empresas de bebidas da América Latina e a Barry Callebaut, maior fabricante de produtos de cacau e chocolate gourmet do mundo. A marca que atende toda a indústria alimentícia por meio de suas marcas globais Callebaut® (Bélgica), Cacao Barry® (França) e a local Sicao®, vai promover um workshop exclusivo para convidados (chefs e confeiteiros) durante o evento.

 
 
Informações: http://festivalsaboresdaterra.com.br
 
 

Fotos: Divulgação