My Shoes faz parceria com a Casa Hope

  • 22 de abril de 2012
  • 0
  • 32 Views
Compartilhe:
A loja My Shoes, presente em dois endereços em Campinas, lançou, em parceria com a Casa Hope, uma campanha inovadora, batizada de VIP Solidário.

A cada adesão, a loja doará um calçado infantil a uma criança que não tenha o que calçar, ou, caso a marca consiga 9 mil adesões em todo o Brasil, 4,5 mil pares de sapatos serão doados. A empresa bancará o custo anual de um leito para uma criança e seu acompanhante na Casa Hope.
Além de ajudar crianças atendidas por creches e a instituição – considerada modelo no apoio ao tratamento de crianças com câncer -, a ação trará benefícios imediatos às clientes. Ao fazer uma compra e aderir ao programa de fidelidade da marca, automaticamente a cliente receberá um crédito de R$ 250,00 na loja, a ser utilizado em um período de cinco meses (R$ 50,00 por mês). “Essa ação é realmente inovadora porque tem cunho social e ainda é o primeiro programa de fidelidade em que a cliente é beneficiada já na primeira compra, sem ter que comprar diversas vezes para receber alguma vantagem. Ganha quem ajuda e ganha quem recebe”, afirma a empresária Natália Guerra, diretora de operações do Grupo 4G, franqueado exclusivo da My Shoes na região de Campinas.
As clientes da região poderão aderir à campanha nas lojas dos shoppings Iguatemi e Parque D. Pedro.

Sobre a Casa Hope

A Casa Hope é uma instituição 100% filantrópica que oferece apoio biopsicossocial e educacional a crianças e adolescentes portadores de câncer, transplantados de medula óssea, fígado e rins juntamente com seus acompanhantes, de baixa renda, procedentes de todo o Brasil.

A entidade oferece serviços de moradia, alimentação balanceada e acompanhamento nutricional, medicamentos, vestuário, transporte para hospitais, aeroportos, rodoviárias, serviço social, assistência psicológica, terapia ocupacional, escolarização, recreação dirigida, cursos de capacitação profissional, recreação dirigida, passeios culturais e recreativos e festas comemorativas, entre outros, durante o período de tratamento nos hospitais onde são assistidos.
Foto: Tatiana Ferro