Imperial Made chega ao Cambuí

  • 15 de dezembro de 2014
  • 0
  • 31 Views
Compartilhe:

Chega ao Cambuí, em Campinas, no próximo dia 16/12, a Imperial Made, marca de roupas masculinas que se apresenta aos campineiros com uma festa de inauguração para convidados.

Além de muita gente bonita, o coquetel de inauguração conta com o DJ Marcel Trindade, finger food e bebidas variadas, sorteio de dois vales-compra no valor de R$ 500,00 em produtos da loja e, como grande atração, a presença do artista plástico André Berardo, que vai pintar uma tela ao vivo e com muitas cores ao longo do evento.

A loja, que já existe na vizinha Americana, oferece o conceito “lounge wear”, que combina comércio de roupas com um lounge. O objetivo é oferecer um ambiente descontraído, onde todos os estilos podem se encontrar. Mais do que uma loja, a Imperial Made quer oferecer um lugar onde se possa tomar uma cerveja, encontrar os amigos e relaxar.

A iniciativa de abrir a loja conceito em Campinas e seguir com um plano ambicioso de expansão pelo Brasil vem de sete jovens sócios empreendedores, todos de Americana. A marca planeja estar entre os grandes nomes nacionais e ser referência para novos empreendedores e entusiastas.

 
 
im1
 
 

O idealizador da marca, Ricardo Bragalha, apresenta quinzenalmente novos modelos, que têm edição limitada. As criações são baseadas no conceito “lounge”, que transmite uma atmosfera descontraída e elegante ao mesmo tempo, contemplando os estilos social, casual, extravagante e funcional, com um gosto bastante refinado. “São peças para o dia a dia, bermudas de praia e sarja, camisetas, camisas sociais e casuais, aliando arte minimalista com temas que abrangem o universo masculino”, explica Bragalha.

 
 

Diferenciais da marca

 
 

Os tecidos, malhas e outras matérias-primas da Imperial Made provém de empresas 100% brasileiras com o foco nos mercados premium e exportação.

As oficinas são regionais. Modelistas e costureiros são valorizados com salários acima do praticado no mercado a fim de garantir a qualidade dos produtos e inibir o trabalho escravo.

Todas as peças passam por lavanderias industriais que usam produtos biodegradáveis e possuem reutilização de água e tratamento de água para descarte. Cada ciclo dura aproximadamente duas horas a uma temperatura de 65ºC. Isso garante o encolhimento total das peças para que o produto final não sofra nenhum encolhimento e/ou torção em lavagens domésticas. Os produtos chegam ao cliente com um toque mais suave do que a própria base (tecido/malha) e também perfumados.

Todo acabamento, limpeza, passadoria e controle de qualidade é feito dentro da empresa. Os colaboradores são treinados para identificar qualquer avaria e certificar que o produto final esteja impecável.

 
 

Sobre a Imperial Made

 
 

A marca nasceu em 2007 como um hobby do fundador Ricardo Bragalha. Foram lançados alguns modelos de camisetas e vendidas apenas para amigos e conhecidos, tanto masculino quanto feminino. O nome era apenas Imperial. O projeto ficou parado até 2010, quando Widmarck Jesse Guerra, amigo, designer e fã da marca, apresentou a nova logomarca com o sufixo “Made” (feito para um nobre), desta vez com o desenvolvimento dos produtos voltados para o público masculino. Em outubro de 2013, Bragalha abriu a primeira loja Imperial Made, em Americana, em resposta à pesquisas que indicavam essa oportunidade. Um ano depois, em outubro deste ano, seis amigos usuários e fãs das roupas uniram-se a Bragalha para alavancar a expansão da marca, que começa com a unidade no Cambuí.

A loja de Campinas chega como a segunda de muitas outras que o grupo de jovens empreendedores planeja lançar no País. São sócios de Bragalha: Amyr Bethke Najar, Fabrício Macias Rodrigues da Silva, Gustavo Linarelli, José Antonio Luchiari Pisoni Duarte Fortunato, Sidney Maurício Nardini Neto e Silvio Orlando Moraes Junior.

A Imperial Made localiza-se à R. Dr. Emílio Ribas, 409, no Cambuí.

 
 
Foto: Divulgação