Pandemia: este é um bom momento para comprar automóvel?

  • 27 de julho de 2020
  • 0
  • 24 Views
Compartilhe:

A crise causada pela Covid-19 fez com que o setor automotivo despencasse quase 90%, em abril, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Alguns meses após este balanço, o professor da IBE Conveniada FGV, Antônio Jorge Martins, ressalta que ainda é muito difícil abordar, de uma forma geral, se esse é o momento ideal para adquirir um novo veículo, “pois as oportunidades podem variar de acordo com o interesse das montadoras e concessionárias em desovar os estoques”, explica o especialista em cadeia automotiva.

Segundo ele, é ainda mais difícil ter clareza sobre isso, pois a crise está apenas no começo. É por isso que surgem oportunidades distintas para o consumidor. “Quando a crise se prolonga por muito tempo, o cenário acaba se tornando semelhante para todas as empresas, sendo mais fácil avaliar. Ou seja, quanto mais prolongada a crise, mais vantagens para realizar esse tipo de compra”, comenta.

Sobre o novo perfil do consumidor, o professor exemplifica que muitas marcas passaram a ofertar e vender os veículos pelas ferramentas digitais, redes sociais e aplicativos.

“As montadoras ficaram três meses de portas fechadas e precisaram reforçar as vendas pelos canais digitais, deixando o consumidor com mais liberdade de sondar a situação em várias lojas. As fabricantes sabem que os clientes estão mais criteriosos e, nesse momento de retomada, em que a compra e a venda digital começam a se aprofundar, é necessário ficar atento às oportunidades”, ressalta Antônio Jorge.

Dicas

Para aqueles que não podem esperar os desdobramentos da crise, para oportunidades mais atraentes, o professor elenca algumas dicas.

– A forma mais adequada de conduzir essa compra é sondar com várias concessionárias o produto de interesse. “Com isso, será possível descobrir quais são as melhores condições de venda, ou seja, quais lojas estão mais pressionadas para vender os seus produtos”.

– Outra forma de buscar boas oportunidades é descobrir se o modelo desejado está em vias de sair do mercado. “Quando isso acontece, existe uma tendência para que as concessionárias facilitem a venda”. Segundo o professor, muitas vezes, o modelo que está saindo de linha, sofrerá uma mudança/substituição muito pequena, se comparada à nova versão.

– O especialista revela que no final do segundo semestre, muitas montadoras já começam a fazer lançamentos do ano seguinte. “Faça uma pesquisa e avalie o que está acontecendo com o modelo que você está planejando adquirir”.

Venda particular

Financeiramente falando, o professor Antônio Jorge, ressalta que a venda particular é a mais indicada para o atual proprietário. Ao entregar um veículo como parte da compra de um novo, ou seja, na troca, sempre há uma depreciação do valor, de tal forma que a concessionária que está adquirindo tenha melhores condições de venda no futuro.

“Sem dúvidas, a venda particular é mais vantajosa, porém, em épocas de crise, pode demorar um pouco mais para ser concretizada. Então, para quem precisa vender com urgência, é indicado fazer uma boa pesquisa de mercado, no intuito de encontrar a concessionária que possa oferecer o melhor preço. Dessa forma, ambas as partes ficarão felizes com o negócio”, finaliza Martins.