Em destaque: Férias! O que levar na mala?

  • 9 de janeiro de 2012
  • 0
  • 27 Views
Compartilhe:

O ano de 2012 já começou e janeiro segue seu curso trazendo consigo as férias. Para quem vai viajar, que tal algumas dicas do que levar na mala?

A arte de fazer bem a mala

Docentes de moda do Senac Campinas dão dicas das peças coringas para as viagens de férias em diversos tipos de destinos

Uma das maiores dúvidas de quem vai fazer uma viagem é quais as peças básicas para se levar na mala, sem exagerar na quantidade ou carregar peso sem necessidade. Primeiro, é importante pensar no destino e clima do local. Com organização e bom senso, é possível fazer uma mala útil e compacta para aproveitar as férias. As docentes do Senac Campinas Carolina Furtado, Justine Armani e Luciane Morazzi dão dicas essenciais para quem vai viajar para a praia, curtir um cruzeiro ou um lugar frio.
Segundo as consultoras Carolina e Justine, existem algumas peças que todas devem levar na mala de verão: um bom chapéu (de preferência desdobrável), uma mochila ou bolsa prática, protetor solar, máquina fotográfica, livros para momentos mais tranquilos. “Evite levar peças que amassem muito, porém as de algodão são bem frescas, então, o ideal é deixá-las na parte de cima da mala”, diz Justine.
Já se o clima é o inverno, Luciane aconselha a montar a mala em camadas. Na primeira com itens mais pesados, como calças, casacos, secador, bolsas. Na segunda camada malharia, camisas, blusas e, por último, paletós e blazer, virados do avesso para melhor conservação durante a viagem.

Férias a bordo de um cruzeiro:

Os cruzeiros estão em crescente popularidade para os que desejam relaxar de uma maneira diferente. Segundo a docente do Senac Justine Armani, o ideal é:
– Durante o dia, roupas leves para aproveitar as varandas, o almoço e a área de piscina do navio;
– A programação noturna é bem variada e costuma ter eventos temáticos, como noite latina, noite tropical, noite de gala;
– Em todos os cruzeiros, há pelo menos uma noite formal, na qual os passageiros são apresentados ao comandante e seus oficiais. Portanto, nessa noite não economize. Os homens estarão de terno ou black-tie. “Nessa ocasião, o traje é bastante sofisticado. Existem companhias que dispensam o traje mais sofisticado para essa noite, porém é melhor se informar na agência de viagem”, afirma;
– Peças que não podem faltar na mala: biquíni, maiô, roupa para academia, saída (chemise, canga, minivestido, camisetão, caftã etc.), regata, camisa de algodão, blusa com tecido molenga, shortinho, bermuda, macacão de viscose, algodão, malha etc., calça pantalona (tecido leve), vestido longo e curto e vestido longo e curto noite (tafetá, seda, xantungue etc.). “Nessa ocasião, deixe de lado roupas mais formais e sinta-se realmente como se estivesse no seu merecido descanso”, completa Justine;
– Dentro do navio há ar-condicionado e durante a noite a brisa pode ser um pouco gelada, por isso, deve levar um suéter, cardigã ou algum outro tricô. Um echarpe leve também pode ser de grande ajuda.

Férias na praia:
– Quando o destino é a praia, as regras são bem parecidas com o cruzeiro;
– Segundo a docente do Senac Carolina Furtado, o ideal para destinos praianos é levar roupas leves, com tecidos mais frescos e, principalmente, que não amassem com muita facilidade. “É sempre bom lembrar de levar um casaquinho tipo cardigã, por exemplo, e alguma peça como calça ou macacão comprido para aquelas noites mais amenas”, completa;
– Itens essenciais que não podem faltar na mala: biquínis/maiôs (de duas a três peças, dependendo de quantos dias for ficar no destino), saídas de praia (caftã ou túnica), canga para deitar na areia, shortinhos, que também podem ser usados na praia, saia, tops, macaquito e macacão longo. “Túnicas, chemises ou, simplesmente, saídas de praia servem tanto para ir à praia quanto para transitar pelo almoço em restaurantes ou pela cidade. Basta apenas adicionar um acessório legal como uma bolsa de palha ou colorida ou, simplesmente, um cintinho no caso dos chemises”, afirma Carolina.

Mala de inverno:
– Monte uma mala em que todas ou a maioria das peças tenha uma coordenação, inclusive os acessórios;
– “Não deixe para experimentar estilos ou roupas novas durante a viagem, leve sempre peças confortáveis e que você já tenha experimentado e gostado do resultado”, diz Luciane.
– Lugares frios nem sempre pedem só roupas pesadas, geralmente há ambientes aquecidos, portanto o uso de roupas mais leves é apropriado;
– “Tenha um casaco de ótima qualidade na mala, mesmo que seja de corte simples ou tradicional, ele será um importante aliado”, completa;
– Evite colocar mais roupas do que a mala suporte, para não chegar ao destino com as roupas amarrotadas;

 

Imagens: Divulgação