Casa Cor Campinas 2012: ambiente Restaurante é comandado pelo Giovannetti

  • 6 de novembro de 2012
  • 0
  • 32 Views
Compartilhe:
Em seus 87 m², o ambiente Restaurante, da Casa Cor Campinas 2012 – mostra de arquitetura e decoração que ocorre no antigo prédio da Cúria Metropolitana de Campinas – leva a assinatura dos arquitetos Adriano Stancati e Dani Guardini e é comandado pela rede Giovannetti. 

 O projeto desenvolvido para o ambiente prioriza o sensorial, trazendo o envolvimento com a natureza para dentro do espaço, enfatizando a calma e a serenidade. Os tons de terra, com um leve toque de dourado e o bordô predominam no ambiente e entram em harmonia com os tons do ladrilho hidráulico, preservado, restaurado e usado como partido na decoração do restaurante. 
 O destaque do projeto fica por conta da iluminação cênica. No forro uma grande moldura de canto revestida de Di-Noc madeirado contorna todo o salão e esconde a iluminação de led, camuflada por um difusor de acrílico, criando uma luz homogênea e geral. Uma das paredes do restaurante é inteira iluminada, e cria um efeito de luz difusa em todo o espaço. Executada com tela tensionada, essa parede tem imagem da silhueta de uma árvore criando a sensação de pôr do sol no horizonte. Esse mesmo efeito de iluminação se repete no pórtico iluminado que separa a área das mesas da área de bar.

 Na parede do fundo do bar, prateleiras de chapa de aço revestidas com madeira abrigam as garrafas de bebida. A pouca espessura das lâminas das prateleiras surpreendem pelo peso que suportam. No fundo espelhos bronze ampliam o espaço e dão ainda mais charme à estante. Nas laterais, jardins verticais trazem mais uma vez a natureza em contato direto com o usuário. A bancada do bar, onde fica instalada a chopeira, é feita de quartzo em tom de marrom. 
 Em algumas paredes, o revestimento de cerâmica filetada traz mais uma vez vários tons de terra e cria um efeito natural e aconchegante ao ambiente. O mobiliário usado também prioriza os materiais naturais como a madeira, a palhinha e os tecidos de algodão e linho. Uma grande persiana vertical em voil e tecido nude garante ainda mais aconchego. 
 As mesas reaproveitam os pés de ferro fundidos usados, que ganham nova vida com o folheado dourado em contraponto com os tampos em laca bordô. As mesas bistrô usam o mesmo pé fundido que agora aparece na cor bordô do tampo, deixando o foco por conta das luminárias de parede douradas, criando um ar intimista. Quadros com imagens do pôr do sol em molduras de madeira e duas poltronas clássicas revestidas em couro castanho finalizam a decoração e mais uma vez unem o sofisticado e o natural. 

 Giovannetti 

Conhecido pelas tradicionais porções e sanduíches, o Giovannetti montou um menu especialmente para o Restaurante da mostra, composto de sete opções de sanduíches, e sete tipos de porções. Há ainda quatro elaborados grelhados, que levam a assinatura do Barbacoa e chope Brahma nas versões claro e black, caipirinha e caipiroska de limão, uísques,energéticos, água e refrigerantes. 
 Para a sobremesa, as opções são petit gateau, a Taça dos Deuses, creme de papaia com licor de cassis e sabores variados de sorvetes. Para a nutricionista do Giovannetti, Fernanda Paes de Barros, a proposta deste ano foi oferecer um cardápio versátil com toda a qualidade da marca septuagenária. “Como o restaurante funcionará em horários diferentes durante os finais de semana e feriados, a ideia é apresentar opções de almoço, happy hour e jantar”, diz. 
O espaço tem capacidade para aproximadamente 40 pessoas sentadas. “Esta é a terceira vez que participamos da Casa Cor Campinas e, em todas as edições, recebemos na mostra clientes fieis das nossas três unidades”, afirma Fernanda.

Imagens: Divulgação