Home office: Soluções acústicas evitam excesso de barulho

  • 24 de março de 2021
  • 0
  • 26 Views
Compartilhe:

De acordo com a Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC), as reclamações relacionadas a barulhos dentro de condomínios aumentaram 300% por mês, em relação a períodos antes da pandemia do novo coronavírus. Com mais tempo em casa, graças ao home office e ao homeschooling, a média de reclamações subiu de forma assustadora. Para se ter uma ideia, um prédio que tinha até cinco reclamações por mês, passou a ter entre 10 e 15.

Para evitar problemas como esse e reduzir ruídos de outros apartamentos ou mesmo da rua e áreas comuns, existem diversas soluções acústicas que podem ser aplicadas. De acordo com a engenheira de projetos da construtora A A.Yoshii, Martha Mamy Matsuda Ishikawa, existem no mercado diversos materiais que ajudam a melhorar o conforto acústico dentro de casa, que vão muito além de esquadrias ou vidros duplos.

“Projetos de vedação e contrapiso acústico estão entre as soluções que mais empregamos nos empreendimentos porque apresentam um resultado muito satisfatório. No contrapiso usamos alguns recursos modernos, como mantas para isolamento acústico. Enquanto nas paredes, utilizamos blocos de maior densidade, ou até mesmo sistema misto de alvenaria, com drywall e manta”, conta.

 

Ronaldo Ronan Rufino

 

A engenheira explica que também existem pisos que ajudam a atenuar os ruídos entre pavimentos, como por exemplo o barulho de caminhar. “Os melhores são aqueles flutuantes, ou seja, pisos laminados ou de madeira. Os pisos aderidos, como é o caso do porcelanato ou vinílico, já não têm esse mesmo efeito. Por isso, nesses casos, é importante ter um contrapiso acústico para atenuar o som”, diz.

Segundo Martha, outro detalhe importante, e que merece atenção, são os forros decorativos. “Na instalação de luminárias ou outros recursos audiovisuais, como televisão ou som, por exemplo, é necessário cuidado ao executar aberturas no forro para que esse fechamento seja vedado, evitando que o ruído passe de um ambiente para o outro.  Além disso, forros acústicos ajudam na atenuação principalmente dentro do próprio ambiente”, reforça.

Como absorver o som dentro de casa?

Existem ainda outras dicas simples, possíveis de aplicar dentro de casa e que ajudam a absorver o som. “Invista em elementos de tecidos, como móveis mais almofadados, cortinas, estofados e tapetes. Isso tudo ajuda a reduzir a reverberação do próprio ambiente. Superfícies lisas, como vidros, espelhos, paredes pintadas, reverberam mais o som, enquanto que revestimentos com tecido, por exemplo, ajudam a absorver as frequências de ondas sonoras, O ideal é utilizar misturar esses dois tipos de elementos para proporcionar o conforto acústico”, revela Martha.

Além disso, a utilização de plantas dentro de casa é outro item importante. “Arbustos e paredes com samambaias, por exemplo, também ajudam a atenuar e filtrar os ruídos do apartamento, e ainda compõem a decoração”, finaliza.