Como vender mais no Whatsapp

  • 19 de dezembro de 2021
  • 0
  • 32 Views
Compartilhe:

Mais de 2 bilhões de usuários utilizam o WhatsApp, considerado o principal canal de comunicação da atualidade. Quando o assunto é competitividade no mercado, a maioria das empresas já oferece atendimento no app, que se tornou um canal primordial para gerar um excelente relacionamento com os clientes, devido às funcionalidades oferecidas pela versão business.

De acordo com o especialista em relacionamento digital e CEO da Ubots, Rafael Souza, vender pelo WhatsApp é uma prática cada vez mais comum e utilizada por organizações de diversos segmentos e tamanhos e pode alavancar as vendas nessa data que é tão esperada pelo varejo. “No Brasil, o app está instalado em 99% dos celulares. Devido a necessidade de adaptação que o cenário pandêmico trouxe, muitas empresas encontraram nele uma saída para estreitar o vínculo com seus clientes”, explica.

Seguir com as vendas via WhatsApp se tornou um movimento comum para o mercado como um todo, desde microempreendedores que precisaram encontrar uma solução mais segura para realizar as vendas, até gigantes do varejo nacional que tiveram as portas fechadas do dia para noite.

Ao mesmo tempo que as vendas no canal são mais efetivas, elas exigem técnicas e conhecimento. Hoje, as pessoas esperam que a experiência gerada seja tão boa quanto nos outros canais, inclusive no presencial. Desta forma, é preciso ter planejamento e estratégia para que os resultados sejam positivos.

Veja sete dicas:

Profissionalização: Na jornada de compra, independente do canal em que ocorra, o consumidor precisa confiar na empresa que está investindo seu dinheiro. Nesse momento, ter o WhatsApp comercial é essencial para o sucesso da estratégia.
Há duas versões business do app, uma para pequenas e médias empresas e outra para as grandes. São elas:

WhatsApp Business: versão comercial do canal que atende desde microempreendedores até empresas de porte médio. Totalmente gratuita, traz várias vantagens que são capazes de melhorar a relação entre a marca e o consumidor.

WhatsApp Business API: essa versão é destinada para as empresas que têm um alto fluxo de interação com os clientes. Sua principal funcionalidade está ligada a parte de cobranças, visto que é possível conectar o aplicativo a um software de atendimento digital, possibilitando a utilização de chatbots.

Ter uma vitrine é importante: no caso das lojas que migraram para o WhatsApp, o processo de vendas por meio do canal precisa oferecer uma experiência semelhante a do local. O app oferece funcionalidades que podem ajudar nessa tarefa, são elas: catálogo de produtos, mensagens de saudação e ausência, quick reply – mensagens rápidas- e etiquetas para organizar as conversas.

Listas de transmissão: As listas funcionam assim como os grupos, é possível adicionar até 260 pessoas. Desta forma, quando for mandar uma mensagem, ao invés de enviar uma por uma, o disparo será para aquela lista específica. O recomendado é criar listas de acordo com os gostos, necessidades e características dos clientes.

Atenção ao atendimento: A demora no atendimento pode acabar totalmente com a experiência de compra do cliente, nesse caso, não importa o quão incrível seja um produto ou serviço, pois o atendimento ruim acaba com a confiança do consumidor com a marca.
O volume de interações é a principal variável para estabelecer uma estratégia de sucesso, com isso, é preciso um planejamento para atender as necessidades dos consumidores. Uma das formas mais eficazes de escalar o atendimento é com os chatbots, devido às vantagens que o robô virtual pode garantir: atendimento sem filas de espera, disponibilidade sempre que o cliente precisar e a redução de custos operacionais da área.

Bom gerenciamento: o gerenciamento é crucial para o sucesso da estratégia, é necessário ter opções que possibilitem: verificar facilmente qualquer interação realizada pelo app, recuperar dados de clientes com agilidade, transferir dados entre atendentes com facilidade, explorar relatórios completos de acordo com as necessidades de gerenciamento e realizar curadoria dos assuntos mais relevantes.

Planejamento da experiência do consumidor: diferente do presencial, o ambiente digital impõe algumas barreiras, mas ainda sim é possível entregar experiências incríveis para os clientes. Portanto, pontos como a comunicação e o tom de voz podem fazer a diferença no momento da conversa.

Pesquisas de satisfação são importantes: Após o processo de compras, é importante enviar uma pesquisa de satisfação, algo como um simples NPS. Pois, é importante saber o que o cliente está achando da jornada de compra pelo WhatsApp e aplicar as melhorias indicadas.