“A Minha Primeira Vez” acontece no Teatro Amil

  • 11 de setembro de 2013
  • 0
  • 28 Views
Compartilhe:

9028901982x
 
 

Sucesso de crítica e público em São Paulo, A Minha Primeira Vez é apresentada no Teatro Amil, em Campinas, até 29 de setembro, às sextas e sábados às 21h, e aos domingos às 19h.

Sob a direção de Isser Korik, jovens atores – Emiliano d’Avila (o Máicol do “Vai que Cola”, da Multishow, que também foi o Lúcio em “Avenida Brasil”), Tammy Di Calafiori, Ronny Kriwat (o “filho do Cadinho” de “Avenida Brasil”, Globo), Gabriella Vergani, Ian Soffredini e Natália Rosa – mergulham em depoimentos reais de internautas sobre a primeira experiência sexual, trazendo situações picantes, engraçadas e emocionantes que deixam o espectador envolvido do início ao final do espetáculo.

Encenada na América, Europa e Ásia, a peça de Ken Davenport foi montada pela primeira vez no País. Esteve no Teatro Folha, na Capital, entre janeiro e julho, antes da turnê nacional, que incluiu Curitiba, Santos e São José dos Campos.

Em 2007, o produtor americano comprou os direitos da página myfirsttime.com, com 40 mil depoimentos na época, e transformou seu conteúdo em um espetáculo de sucesso. O experiente Isser Korik fez a tradução e a adaptação da peça, usando depoimentos do texto original e outros de brasileiros, que foram colhidos do site (http://www.aminhaprimeiravez.com.br), criado no começo de 2012 pela produtora Conteúdo Teatral, responsável pela realização da montagem. O site brasileiro recebeu mais de mil depoimentos de internautas.

 
 

Encenação

 
 

A encenação, que tem um site como fio condutor, utiliza recursos de vídeo mapping para reproduzir diferentes cenários virtuais, no fundo do palco. Concebido por Osvaldo Gonçalves, a cenografia simples e funcional brinca com a criatividade do espectador: módulos brancos viram moita, cama, carro.

Antes de cada apresentação é entregue para o espectador um pequeno questionário sobre a sua iniciação sexual. Nos bastidores, as informações são tabuladas e as estatísticas mais interessantes sobre os espectadores presentes na plateia serão reveladas ao longo do espetáculo.

As lembranças e narrativas dos internautas ganham forma no palco, com personagens de gerações e universos culturais diversos, que certamente vão fazer o público se identificar com as situações encenadas.

 
 

Elenco

 
 

O elenco reúne atores de diferentes estilos. “A escolha deles foi feita para que a energia em cena compreendesse a gama de sentimentos da primeira relação sexual vivida por pessoas comuns de todos os tipos (periguetes, malandros, gays, voyeurs e últimos românticos). A peça fala de um tema universal, por isso a importância da identificação do público com os personagens e intérpretes”, fala o diretor Isser Korik.

Para compor o visual dos personagens, o figurinista Luciano Ferrari optou pelo básico. A meta é realçar a beleza, valorizando o melhor dos corpos, com conforto, em sintonia com a atmosfera sexy da encenação.

“Esquetes românticos, cômicos, violentos ou dramáticos conduzem o público a desmistificar a primeira relação sexual e pensar no que importa: a próxima vez”, conclui Korik.

 
 

Sobre a dramaturgia – Ken Davenport

 
 

É considerado um dos principais produtores de Nova York. Suas criações foram encenadas em 25 países e geraram mais de US$ 100 milhões. My First Time estreou em 12 de julho de 2007; permaneceu dois anos e meio em cartaz, em Nova York; e ganhou montagens na América (EUA, Chile e México), Ásia (Coreia do Sul) e Europa (Espanha, Finlândia, Itália, Malta e França). É inspirada no site homônimo criado em 1998 pelos jovens norte-americanos, Peter Foldy e Craig Stuart. MyFirstTime.com reúne histórias anônimas de 53 mil pessoas sobre a primeira experiência sexual, com mais de 36 milhões de acessos. Cerca de 12 mil pessoas o visitam diariamente: 25% são do mundo todo e 75%, dos EUA.

Ingressos: R$ 40,00 (setor 2) e R$ 50,00 (setor 1) – Valores referentes a ingressos inteiros.

 
 
Foto: Christiane Ceneviva