“Deus da Carnificina” é apresentada em Paulínia

  • 16 de maio de 2012
  • 0
  • 27 Views
Compartilhe:

Após temporada de sucesso em São Paulo e Rio de Janeiro, chega a Paulínia “Deus da Carnificina”, com Deborah Evelyn, Julia Lemmertz, Orã Figueiredo e Paulo Betti no elenco.

O espetáculo fica em cartaz dias 25 e 26 de Maio, às 21h, no Theatro Municipal. Aclamada pelo público e aplaudida pela crítica, a encenação tem colhido bons frutos: Julia Lemmertz ganhou o Prêmio APTR de Teatro na categoria de Melhor Atriz Protagonista e o Prêmio Quem na categoria Melhor Atriz de Teatro.
O espetáculo também foi indicado ao Prêmio Shell de Teatro – Melhor Direção e Melhor Ator (Paulo Betti) -, ao Prêmio Contigo! de Teatro na categoria Melhor Espetáculo Comédia e ao Prêmio APTR de Teatro nas categorias de Melhor Espetáculo e Melhor Iluminação (Renato Machado).

Desde que foi encenada pela primeira vez em 2006, em Zurique, a peça “Deus da Carnificina, uma comédia sem juízo”, coleciona elogios da crítica internacional e prêmios pelo mundo. Na Broadway, a montagem, que teve no elenco Jeff Daniels, James Gandolfini, Hope Davis e Marcia Gay Harden, ganhou em 2009 três prêmios Tony, considerado o Oscar do teatro: o de melhor espetáculo, melhor direção e melhor atriz.
A montagem em Londres, em 2008, no Teatro Gieguld, contou com Ralph Fiennes no elenco e levou o prêmio Laurence Olivier Award de melhor comédia. No mesmo ano, a encenação parisiense, no Teatro Antoine, foi estrelada por Isabelle Huppert e dirigida pela própria Yasmina Reza.
Yasmina Reza é considerada pela crítica especializada a maior autora teatral da atualidade. Argelina radicada na França, ela explodiu nos anos 90 com a peça “Arte”, sucesso em diversos países, inclusive no Brasil. Desde então, Yasmina não parou mais. Um dos últimos textos apresentados no Brasil, “O homem Inesperado”, dirigido por Emílio de Mello, com Paulo Goulart e Nicette Bruno, estreou em 2006 e foi indicado ao Prêmio Eletrobrás de Teatro nas categorias de melhor atriz e melhor direção.
Numa época em que o mundo busca novas linguagens teatrais, “Deus da Carnificina, uma comédia sem juízo” mantém o sopro de renovação que a autora Yasmina Reza imprimiu à dramaturgia européia. O texto, como outros da autora, trata de desnudar o comportamento da classe média. “Eu escrevo um teatro de tensão, porque as tensões nos governam. Meus personagens são pessoas educadas que pretendem manter a compostura. Mas também são impulsivos, não conseguem manter as regras que impuseram a si mesmos. E é precisamente essa luta contra si mesmo que me interessa”, diz Yasmina Reza.
O Theatro Municipal de Paulínia localiza-se à Av. José Lozano Araújo, 1551 – Pq Brasil 500 Informações: (19) 3933-2140.

Fotos: Guga Melgar