Letícia Zuppi
 
 

É como se todos voltássemos a ser crianças. E o quarto remete, afinal, à chegada dos bebês. A cegonha – ave conhecida por trazer os recém-nascidos – é agora a estrela do filme “Cegonhas – A história que não te contaram”, (da Warner Bros) e também da suíte do Sheraton Grand Rio Hotel & Resort, no Rio de Janeiro.

A sensação que se tem é, literalmente, de estar nas nuvens. Criado pelo arquiteto Luis Pedro Scalise, o quarto, no 14º andar do hotel, tem uma porta bem convidativa, com um pôster do filme. Para nós de Em Destaque Na Cidade, cada suíte temática brilhantemente produzida por Scalise, é uma surpresa a ser desvendada, como foi com o quarto temático de Hotel Transilvânia 2 (veja aqui).

 
 
DSC06957
 
 

DSC06955
 
 
ceg
 
 

O desafio é criar uma cenografia provisória – dura cerca de um mês e meio – que traga o universo lúdico do filme para a realidade, com momentos inesquecíveis para os hóspedes. E toda a equipe do Sheraton Grand Rio Hotel & Resort sempre compartilha desta expectativa sobre o quarto temático, com funcionários curiosos nos mais diversos setores do hotel. E não é que ninguém imaginava que por trás da porta de uma das suítes poderia de fato haver um pedacinho do céu?

 
 
DSC06910
 
 

DSC06944
 
 
DSC06894 
 
 
DSC06903
 
 

O criativo quarto Cegonhas tem no teto e na ornamentação do mobiliário, lã de vidro. O material confere uma nova textura e aconchego à suíte, deixando as luminárias e objetos com um aspecto único e divertido. Atrás das camas, uma iluminação especial dá cor às “nuvens”, que também estão representadas nos edredons e almofadas brancas. A área da mesa de trabalho do quarto ganhou um espelho e um abajur decorados que mostram que ali, definitivamente, não há lugar para nada que não seja leve e mágico.

 
 
DSC06946
 
 
DSC06906
 
 
DSC06890
 
 
DSC06945
 
 

A atmosfera do quarto é, sobretudo, de paz (ao menos os adultos o perceberão assim!). Para as crianças, deixamos a tarefa de sentirem-no com entusiasmo e euforia, ou com incredulidade e calmaria. A regra é se divertir e se encantar com as imagens do filme e seus personagens, como Junior, Luke – o Pombo, Tulipa, entre outros. E eles estão ali, parecendo observar quem circula pelo quarto, em cenas coloridas e que contrastam com o papel de parede azul e branco.

No banheiro, mais “nuvens” no teto, com luminárias forradas e o contorno do espelho belamente adornado e iluminado. Na porta de vidro para a sacada, adesivos do filme: são as cegonhas trazendo os bebês!

 
 
DSC06954
 
 

DSC06896
 
 

DSC06947
 
 
DSC06913
 
 
DSC06915
 
 
DSC06917
 
 
DSC06950
 
 

Durante a noite, o quarto – que já é bastante acolhedor – tem um ambiente ainda mais calmo, com as luzes dos abajures e as luzes sobre a cama compondo um gostoso espaço de relaxamento. Dormir “nas nuvens” é uma experiência descontraída.

 
 
DSC06875
 
 

DSC06879
 
 

DSC06880
 
 

Crianças e adultos que se hospedarem na suíte – o apartamento acomoda dois adultos e duas crianças de até 12 anos – verão que sonhar e se emocionar é possível e surpreendentemente divertido nesta suíte especial do Sheraton, cujo pacote de estadia traz ainda outras facilidades para as famílias.

O quarto Cegonhas tem diária a partir de R$ 829,00 + taxas por noite. Inclui café da manhã estilo buffet, um almoço por adulto durante a estadia, recreação infantil no Sheratoons Kids Club, Sheraton Fitness, dois ingressos para o filme “Cegonhas” (enquanto o filme estiver em exibição nos cinemas) e estacionamento no hotel.

 
 
Sobre o filme
 
 

O filme – dirigido por Nicholas Stoller – apresenta uma mega estrutura por trás da fábrica de bebês trazidos pelas cegonhas. Na verdade, as aves controlam um grande empreendimento que enfrenta muitas dificuldades para coordenar todas as entregas nos horários e locais certos. O que será que vai acontecer? A versão dublada tem vozes de Klebber Toledo, Marco Luque, Tess Amorim, entre outros.

 
 
O Sheraton Rio Hotel & Resort localiza-se à Av Niemeyer, 121, Leblon.
 
www.sheraton-rio.com.br
 
F: (21) 2274-1122
 
 
 

Fotos: Em Destaque Na Cidade e divulgação