O espetáculo “O Escândalo Philippe Dussaert” traz Marcos Caruso, estreando em seu primeiro trabalho solo, nos dias 29 e 30 de abril (sábado e domingo), ao Teatro Iguatemi Campinas.

A peça coleciona críticas positivas e é vencedora de todos os principais prêmios teatrais da temporada carioca nas categorias “Melhor Ator”, “Melhor Espetáculo” e “Melhor Produção”. Em 2017 parte para sua primeira turnê pelo Brasil, depois de quase 30 mil expectadores em 100 sessões lotadas nos 7 meses de Rio de Janeiro.

Marcos Caruso vive nesta comédia um conferencista que divide com o público a investigação do escândalo envolvendo o pintor francês Philippe Dussaert. Na história, as obras do pintor, após sua morte, vão a leilão custando uma fortuna, colocando o estado em uma delicada relação com o dinheiro público, e despertando a avaliação de se o que Dussaert fez é de fato arte ou digno de nota.

Inédito no Brasil, “O Escândalo Philippe Dussaert”, premiado texto do ator e dramaturgo francês Jacques Mougenot, foi o escolhido por Marcos Caruso para ser seu primeiro trabalho solo, depois de mais de 40 anos de uma sólida e premiada carreira no teatro, na TV e no cinema.

 
 

t12

 
 

Vencedor do Prêmio Philippe Avron por esta peça, Jacques Mougenot está há quase uma década em cartaz, ultrapassando a marca das 600 apresentações na França. O autor também ganhou o Prêmio Molière 2016 de Melhor Espetáculo Musical por sua adaptação da peça de Georges Feydeau “Les Fiancés de Loches”, que transformou num musical com a colaboração do compositor e diretor Hervé Devolder.

Nesta peça, o dramaturgo francês usa a figura de um pintor contemporâneo e sua polêmica carreira para fazer junto ao público uma reflexão sobre o que é e o que não é arte – o tema é terreno fértil para infindáveis controvérsias e polêmicas.

 
 

t2

 
 

“Cada vez mais me interesso pelo teatro contemporâneo. Como autor, diretor ou ator, quero cada vez mais me debruçar sobre temas contemporâneos. ‘O Escândalo Philippe Dussaert’ permite uma investigação onde ator e plateia, de maneira divertida e surpreendente, desvendam um dos maiores escândalos da história da arte contemporânea”, resume Marcos Caruso.

 
 

Produção: Brain + e Teatro GT

Informações: (19) 3294-3166

Fotos: Divulgação