Por Letícia Zuppi
 
 

Junho e julho são conhecidos como os meses das festas juninas e julinas. No Sudeste, as pessoas costumam ir aos clubes, bares e instituições que oferecem festas juninas para degustar comidas típicas, participar de brincadeiras e encontrar muita diversão!

 

O São João do Nordeste é bastante diferente do que se vê no Sudeste. Na Bahia, a época de São João é tão celebrada quanto o Natal. No interior do Estado, cidades e vilarejos são enfeitados para comemorar a data. Ruas, casas, estabelecimentos comerciais…todos recebem uma decoração especial nesta época. Bandeirinhas, balões e fitas coloridas estão por toda a parte. Em muitos lugares, bonecos de pano dão charme às ruas e às janelas das casas.

 

Em Destaque na Cidade visitou alguns lugares onde o São João é celebrado em toda a sua beleza e tradicionalidade.

 
 
 
DSC005988

 
 

DSC005699

 
 
DSC005888

 
 
DSC005933

 
 

Passeando pelo interior da Bahia, alguns vilarejos chamam a atenção. Estamos na região da Chapada Diamantina. Criado em 1985, o Parque Nacional da Chapada abrange uma área de 152 mil hectares da Serra do Sincorá e arredores, incluindo os municípios de Lençóis, Palmeiras, Andaraí e Mucugê.

 
Chegamos a Igatú. Com cerca de 400 habitantes, o local é um distrito do município de Andaraí. Antigamente em Igatú o garimpo de diamantes era uma atividade muito presente. Construído sobre pedras e paralelepípedos, o local é muito procurado por turistas que apreciam as festas de São João, mas que também gostam de sossego e contato com a natureza.
 
 
Para as festividades da época, a rua principal e a pracinha ganham um colorido especial. Com o cair da noite e o frio – a temperatura no local nesta época é amena – fogueiras são acesas nas ruas, enquanto as crianças brincam em seus figurinos juninos.

 
 
DSC009466

 
 
DSC006244
 
 
DSC006288
 
 
DSC006299
 
 
DSC006300
 
 
DSC006488
 
 
DSC006511
 
 
Ali ao lado, no município de Mucugê, o clima é um pouco mais agitado. A área – nomeada em referência a uma árvore de frutos adocicados encontrada nas margens dos rios da Chapada Diamantina – abriga mais de 50% de todo o Parque Nacional da Chapada. Pela proximidade com diversos pontos de visitação do turismo ecológico, Mucugê é procurada por turistas apaixonados por grutas, cachoeiras, vales e passeios em rios e poços.

 
No município, é possível andar nas ruas históricas e visitar a praça – onde os bancos são decorados – e o coreto, enfeitado com bandeirinhas. Ali, bonecos de pano também recebem os visitantes, que deparam-se ainda com pequenas casinhas na rua que mais parecem casinhas de bonecas. A menina de pano parece sorrir para quem passa. Até o casal de noivos da quadrilha está presente.
 
 
Nas janelas, o artesanato caprichoso dos moradores, em diversos tons e formatos, evidenciam que os turistas são muito bem recebidos. As bandeirolas de São João, Santo Antonio e São Pedro têm seu lugar reservado. Nas paredes, pinturas e desenhos compõem a decoração.

 
 
DSC009333
 
 
DSC006888
 
 
DSC006899
 
 
DSC006922
 
 
DSC006955
 
 
DSC006977
 
 
DSC006999
 
 
DSC007000
 
 
DSC007011
 
 
DSC007022
 
 
DSC007099
 
 
DSC007100
 
 
DSC007155
 
 
DSC007166
 
 
DSC007200
 
 
DSC007211
 
 
DSC007222
 
 
DSC007244
 
 
DSC007277
 
 
DSC007311
 
 

Chegamos a Lençóis, uma das cidades mais visitadas da região. Conhecida na antiguidade como Capital do Diamante, a cidade é tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional desde 1973.

 
 
Lá, além de toda a decoração charmosa e marcante, encontramos bonecos do Bumba meu Boi. Fazendo a alegria dos visitantes e das crianças, os bonecos circulavam por uma das praças da cidade, relembrando mais esta tradição local.
 
 

Uma banda tocava músicas típicas e sucessos regionais, enquanto os turistas passeavam pelas ruas de pedras ou aproveitavam o dia nas mesas dos bares, saboreando os quitutes locais.

 
 
DSC010244

 
 
DSC009844
 
 
DSC009899
 
 
DSC009900
 
 
DSC009933
 
 
DSC009977
 
 
DSC009999
 
 
DSC010144
 
 
DSC010155
 
 
DSC010211
 
 
Chegamos ao final deste passeio de São João pelo interior da Bahia. Cultura, beleza, tradições e muitas cores é o que levaremos na lembrança!
 
 
Fotos: Em Destaque Na Cidade
Fontes de apoio: mucuge.ba.gov.br, guialencois.com.br e visiteabahia.com.br