No último dia 29/9, o GP Troféu Jayme Loureiro Filho, a 1.50/1.55m, do Concurso de Salto Internacional de Saltos – CSI-W Indoor – foi a principal disputa fechando o sexto e último dia de competição na Sociedade Hípica Paulista. Sagrou-se tetracampeão o cavaleiro olímpico José Roberto Reynoso Fernandez Filho, que apresentou Azrael W, finalizando as duas voltas com apenas uma falta no segundo percurso, em 64s74. José Roberto já havia vencido o mesmo Grande Prêmio em 2010, 2017 e 2018, sendo tricampeão consecutivo com a mesma montaria, o alazão Azrael W, um sela holandês de 14 anos.

Em Destaque Na Cidade acompanhou o evento, direto da SHP pelo quarto ano e registrou momentos desta competição tão aguardada pelos amantes e praticantes de Hipismo.

 
 

 369575_909913_ze_galope_web_

 
 
jose_reynoso_campeaoGP[1]
 
 

“Estou muito honrando e feliz em vencer mais uma vez esse GP perante casa cheia na Sociedade Hípica Paulista. O Azrael realmente nasceu para vencer e ser meu”, declarou o campeão que também é tricampeão do ranking brasileiro senior top 2015/2016/2018 e agora assumiu novamente a liderança após 5 de 9 etapas em 2019.

Esse ano o GP passou a ter um Troféu Perpétuo que leva o nome de Jayme Loureiro Filho, ex-presidente da SHP responsável pela construção do picadeiro coberto inaugurado em 1965. Romeu Ferreira Leite, presidente da Sociedade Hípica Paulista e organizador e idealizador do Indoor já em sua primeira edição, premiou José Roberto com Troféu Perpétuo Jayme Loureiro Filho por ter vencido a disputa três vezes. O tetracampeão agora também levou para casa o Troféu Transitório que será de posse do próximo tricampeão.

Dos 22 conjuntos na 1ª volta, 12 habilitaram-se para a 2ª passagem entre os quais cinco sem faltas e sete com uma falta (4 pontos) para a 2ª e decisiva rodada com armação do course-designer internacional Frederic Cottier, cavaleiro campeão mundial e medalhista olímpico. “Gosto de armar a favor dos cavalos e deixar a dificuldade para o cavaleiros”, comentou o experiente francês.

Na 2ª passagem nenhum dos concorrentes conseguiu terminar sem penalizações. O jovem talento goiano Alberto Sinimbu com Quidam Forever, que também havia zerado a primeira volta, também registrou um derrube na segunda, em 66s72 conquistando o vice-campeonato. Vindo com 4 pontos da primeira passagem, o carioca Thiago Mattos e Sulki do Santo Antônio não cometeram faltas nos obstáculos, mas tiveram um ponto perdido por excesso de tempo marcando 69s24 na segunda volta, terminando a competição em 3º lugar.

O 4º posto do pódio ficou com o brasiliense Flavio Grillo Araujo e Lorentino JMen, com o tempo de 70s03 e cinco pontos perdidos. Todos representando o Brasil. A disputa distribuiu R$ 120 mil reais em premiação e além do ranking senior top também foi válido como seletiva da liga sul-americana para final da Copa do Mundo 2020, em Las Vegas, EUA.

 
 
369575_909912_2___alberto2_web_
 
 
369575_909910_podio_web_
 
 

Pódio Grande Prêmio CSI-W Indoor

 
 

Campeão José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Azrael W – 0/4 -4/64s74
Vice Alberto Bento Sinimbu / Quidam Forever – 0/4 – 4/66s72
3º Thiago Mattos / Sulki do Santo Antônio – 4/1 -5/ 69s24
4º Flavio Grillo Araujo / Lorentino JMen – 0/5 – 5/70s03
5º Tomas Podolsky Rossilho / Juice & Toast Elodice van het Hellehof TPR – 4/5 – 9/70s18
6º Thiago Mattos / Hermes do Santo Amtonio – 4/5 – 9/71s98

 
 

Indoor foi foco das atenções

 
 

O CSI-W Indoor emocionou a plateia em mais um ano e contou com corrida de pôneis, leilão beneficente, apresentação de volteio, novidades nos stands dos patrocinadores e shows musicais, como o de Leo Chaves.

Nos bastidores houve muita agitação nas arquibancadas. O desafio Carro x Cavalo Stuttgart levantou a torcida com pilotos e cavaleiros de elite com vitória de Beto Gresse, agora tricampeão, dessa vez, ao lado do cavaleiro Pedro Tavora de Mattos.

Destaque também para a badalada final da penúltima etapa do Longines Extreme Teams Challenge, sob a batuta do olímpico Doda Miranda e Denize Severo. No concorrido Clássico teve vitória de Adolpho Lindenberg, disputa que também válida pela final Hermès Young Talent que premiou o campeão Lucas Teixeira de Lima com uma clínica com o olímpico Pedro Veniss, bicampeão pan-americano, presente na cerimônia de premiação ao lado de Chiara Mariottini, diretora geral Hermès Brasil.

Nas agitadas áreas vip da SHP e lounge LXTC estiveram Amaral, ex jogador da seleção, os empresários Jorge Gerdau Johannnpeter, do clã que já está na quarta geração de amantes do hipismo e Carlos Johannpeter, vice-presidente da SHP, Silvi Tini, da holding Bonsucex, Álvaro Coelho da Fonseca, Decio dos Santos Brasil, Secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Carvalho, vice-presidente da Redetv, entre outras personalidades.

 
 

Confira mais fotos:

 
 

DSC08500i
 
 
DSC08501h

 
 
DSC08505g

 
 DSC08506f

 
 DSC08509e

 
 
DSC08510d

 
 
DSC08512c

 
 
DSC08514b

 
 

c20190929_153123

 
 
c20190929_153355
 
 
c20190929_153451

 
 
c20190929_153550

 
 
c20190929_171824

 
 
c20190929_171924

 
 c20190929_175019

 
 
DSC08518a
 
 

homenagem_medalhistas[1]

 
 

Amaral_DodaMiranda[1]

 
 

MarceloCarvalho[1]

 
 
leo_chaves[1]

 
 

Fotos: Em Destaque Na Cidade, Luis Ruas, Gabriela Lutz e SHP/ Divulgação