Barcelona – Parte 2

 
 
 

Em uma das ruas transversais da La Rambla de Barcelona situa-se o Palau Guell, mansão construída por Gaudí entre 1886 e 1890 e declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), em 1984.
 
 
 
 

Palau Guell, em Nou de la Rambla, é patrimônio da humanidade
 
 
 
 

Ao final da avenida, em frente ao belo porto de Barcelona, com seus barcos charmosos, avista-se o Monument a Colon. Trata-se de uma homenagem a Cristovão Colombo, com uma imagem do navegador apontando para o mar.
 
 
 
 

Monument a Colon: homenagem a Cristovão Colombo

 
 
 
 

No porto de Barcelona, barcos compõem uma bela paisagem
 
 
 
 

Para descansar e saborear pratos da culinária local, nada melhor do que a Plaça Reial (Praça Real), praça neoclássica do século 19, situada na região das Ramblas de Barcelona. Outra praça que merece uma visita é a Plaça Catalunya (Praça da Catalunya), uma praça central circundada por muito comércio e lojas famosas, como El Corte Inglés e o conhecido restaurante Hard Rock Cafe.

 
 
 

Plaça Reial é opção para saborear delícias locais

 
 
 
 

Plaça Catalunya: rodeada por muito comércio
 
 
 
 

Barcelona é uma cidade de praias belíssimas. Uma das mais conhecidas é a praia de Barceloneta. Também é bastante freqüentada pelos turistas a praia de San Sebastià.

 
 
 

Praia de Barceloneta: a mais famosa de Barcelona
 
 
 

Na praia de San Sebastià, um convite ao descanso e ao lazer
 
 
 
 

E para os que gostam de parques, existem algumas boas opções na cidade. O Parc Guell, desenhado por Gaudí e construído entre 1900 e 1914, destaca-se com muita vegetação, bela arquitetura e por oferecer uma privilegiada vista da cidade. O parque também foi incluído na lista da UNESCO, em 1984, como “Lugar Patrimônio da Humanidade”.

 
 
 

Parc Guell atrai turistas por sua estrutura e natureza
 
 
 
 

Com sua ampla extensão, sobressai-se ainda em Barcelona o Parc Montjuic, onde foram sediados os jogos olímpicos de 1992. O parque abriga ainda o Palau Nacional, com o Museu Nacional de Arte da Catalunya.
 
 
 

Palau Nacional – Montjuic: imponência e cultura

 
 
 
 

É então chegado o momento de dizer adeus à Barcelona. Porém, com a certeza de um breve retorno a esta cidade tão interessante e acolhedora!

 
 
 
 

Não viu a 1ª parte da matéria? Clique aqui
 
 
 

Fotos: Em Destaque na Cidade

Deixe uma resposta