Com a entrega de 38 prêmios, o 44º Festival de Cinema de Gramado – que teve início em 25/08 – chegou ao fim na noite de 03/09. O grande vencedor foi o longa-metragem “Barata Ribeiro, 716”, com quatro Kikitos, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor, para Domingos Oliveira. “O Roubo da Taça” também se destacou, com quatro troféus, entre eles o de Melhor Ator para Paulo Tiefenthaler.

 
 
44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-00168
 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-00212
 
 

A Melhor Atriz foi Andréia Horta, que interpretou a protagonista na cinebiografia “Elis”, que foi também o melhor filme na opinião dos espectadores, que deram notas a todos os concorrentes ao final de cada sessão. Já para o júri da crítica, “O Silêncio do Céu”, de Marco Dutra, foi a melhor película desta edição. A obra levou ainda o Prêmio Especial do Júri, pelo domínio da construção narrativa e da linguagem cinematográfica.

Entre os estrangeiros, os Kikitos ficaram divididos entre a produção paraguaia “Guaraní”, de Luis Zorraquín, e a chilena “Sin Norte”, de Fernando Lavanderos, que levou como Melhor Diretor. Foram quatro prêmios para o primeiro – incluindo o de Melhor Ator para Emilio Barreto – e três para o segundo. A Melhor Atriz do festival foi a uruguaia Verónica Perrotta, que atua, dirige e roteiriza “Las Toninas van al Este”.

 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-00171
 
 

O Júri ainda concedeu um Prêmio Especial para o longa-metragem “Esteros”, de Papu Curotto, pela direção delicada e inteligente da história de amor dos atores mirins. Além disso, “Rosinha” foi eleito o Melhor Filme entre os curtas-metragens e Felipe Saleme (“Aqueles Cinco Segundos”) foi o Melhor Diretor.

 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-06733
 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-07030
 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-06723
 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-07371
 
 

O festival contou com a presença de celebridades como Sônia Braga- homenageada com o Troféu Oscarito -, Tony Ramos – que recebeu o Troféu Cidade de Gramado – e Cecília Roth – homenageada com o Kikito de Cristal.

As atrizes Carolina Dieckmann – que está no elenco de “O Silêncio do Céu” – e Sophie Charlotte – que participa do filme “Tamo Junto” – também participaram do festival.

 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-01047
 
 
44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-00994 
 
 
44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-01112
 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-01950
 
 
44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-01800
 
 
44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-01837
 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-06109
 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-06169 
 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-02548
 
 
44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-02591
 
 
44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-02600 
 
 
44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-05409 
 
 
44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-06087
 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-05458
 
 

44-Festival-de-Cinema-de-Gramado-05386
 
 

Confira todos os vencedores desta edição do festival:

 

 

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS
 

Melhor Filme: “Barata Ribeiro, 716″, de Domingos Oliveira

Melhor Direção: Domingos Oliveira (“Barata Ribeiro, 716″)

Melhor Atriz: Andréia Horta (“Elis”)

Melhor Ator: Paulo Tiefenthaler (“O Roubo da Taça”)

Melhor Atriz Coadjuvante: Glauce Guima (“Barata Ribeiro, 716″)

Melhor Ator Coadjuvante: Bruno Kott (“El Mate”)

Melhor Roteiro: Lucas Silvestre e Caíto Ortiz (“O Roubo da Taça”)

Melhor Fotografia: Ralph Strelow (“O Roubo da Taça”)

Melhor Montagem: Tiago Feliciano (“Elis”)

Melhor Trilha Musical: Domingos Oliveira (“Barata Ribeiro, 716″)

Melhor Direção de Arte: Fábio Goldfarb (“O Roubo da Taça”)

Melhor Desenho de Som: Daniel Turini, Fernando Henna, Armando Torres Jr. e Fernando Oliver (“O Silêncio do Céu”)

Melhor Filme – Júri Popular: “Elis”, de Hugo Prata

Melhor Filme – Júri da Crítica: “O Silêncio do Céu”, de Marco Dutra

Prêmio Especial do Júri: “O Silêncio do Céu”, pelo domínio da construção narrativa e da linguagem cinematográfica
 
 

LONGAS-METRAGENS ESTRANGEIROS
 

Melhor Filme: “Guaraní”, de Luis Zorraquín

Melhor Direção: Fernando Lavanderos (“Sin Norte”)

Melhor Atriz: Verónica Perrotta (“Las Toninas Van al Este”)

Melhor Ator: Emilio Barreto (“Guaraní”)

Melhor Roteiro: Luis Zorraquín e Simón Franco (“Guaraní”)

Melhor Fotografia: Andrés Garcés (“Sin Norte”)

Melhor Filme – Júri Popular: “Esteros”, de Papu Curotto

Melhor Filme – Júri da Crítica: “Sin Norte”, de Fernando Lavanderos

Prêmio Especial do Júri: “Esteros”, pela direção delicada e inteligente da história de amor dos atores mirins
 
 

CURTAS-METRAGENS BRASILEIROS
 

Melhor Filme: “Rosinha”, de Gui Campos

Melhor Direção: Felipe Saleme (“Aqueles Cinco Segundos”)

Melhor Atriz: Luciana Paes (“Aqueles Cinco Segundos”)

Melhor Ator: Allan Souza Lima (“O Que Teria Acontecido ou Não Naquela Calma e Misteriosa Tarde de Domingo no Jardim Zoológico”)

Melhor Roteiro: Gui Campos (“Rosinha”)

Melhor Fotografia: Bruno Polidoro (“Horas”)

Melhor Montagem: André Francioli (“Memória da Pedra”)

Melhor Trilha Musical: Kito Siqueira (“Super Oldboy”)

Melhor Direção de Arte: Camila Vieira (“Deusa”)

Melhor Desenho de Som: Jeferson Mandú (“O Ex-Mágico”)

Melhor Filme – Júri Popular: “Super Oldboy”, de Eliane Coster

Melhor Filme – Júri da Crítica: “Lúcida”, de Fabio Rodrigo e Caroline Neves

Prêmio Especial do Júri: Elke Maravilha (“Super Oldboy”) e Maria Alice Vergueiro (“Rosinha”), pela contribuição artística de ambas

Prêmio Aquisição Canal Brasil: “Rosinha”, de Gui Campos

 
 
 

Fotos: Edison Vara e Cleiton Thiele/Pressphoto